quarta-feira, 30 de setembro de 2009

I dreamed with a wonderland



E quando tudo isso acabar, quando a essência regressar, não quero estar ausente dessa chuva de alegria.
Por enquanto permaneço aqui, embaixo da sombra do caráter humano.
Sonhando com o que um dia foi perfeito, e poderá regressar com a volta do Alfa e Ômega.
Pois pela direção de simples humanos gananciosos, só nos resta esconder no mundo da fantasia.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Paraíso


O tilintar de garfos ao bater nos pratos. A voz mais perceptível que vem da boca das mulheres.
Risadas exageradas, fofocas, o som ao fundo de uma tevê que não é assistida por quase ninguém.
O arredar de cadeiras. Quase nunca um baque de copo ao chão. O som do gás do refrigerante entornando no copo. Pessoas. Fatos. Tudo acontece ao mesmo tempo. A máquina pulsante que é o nosso cérebro a processar tudo isso, e ainda assim, há espaço para mais coisas. Muitas coisas mais.
Há sempre espaço pras nossas vontades, e em se falando de vontades, quem não tem medo de executá-las? Todas elas.
Falta bastante coragem à todos, mas os impulsos da máquina pulsante não faltam.
Medo de fracassar, medo de dar tudo errado, medo de ser tudo em vão, medo de perder tudo, medo de não ganhar nada, medo, medo, medo.
Seria então o medo o maior problema? Aquele que trava os sentidos, aquele que te faz perder a vontade?
Há muito mais espaço em sua mente pra que esses medos possam ser descartados, trabalhados, transformados em coragem talvez.
A luta consante pela superação pode ser um bom trabalho mental, um bom reforço psicológico, um levantador de auto-estima.
Resta agora sua decisão simples e cruel. O caminho do bem ou do mal pode ser doce ou severo.
Escolha. Aceite ou não o que o destino, tão irônico, pode te oferecer. Mas não se esqueça, nem mesmo os cérebros menos elaborados deixariam de pensar que uma atitude mal elaborada pode se trasformar em um peso na sua vida. Ou até mesmo, de toda uma geração.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Nostalgia


Aquela música que te faz rever o quão boa foi sua minha infância.
Aquele cheiro que reativa imagens parcialmente esquecidas.
A sensação de deja vu.
Pra quem é pessimista, só mostra o passar rápido do tempo, e a forte sensação de que
tudo o que se passou não foi bem aproveitado.
Para os otimistas, só mostra a realidade. O que realmente de um jeito ou de outro,foi inesquecível e perfeito.
Penso que reclamar do que poderia ser feito é papel de masoquistas, que reviram sua mente tentando sempre estar errados.
Conformar-se e ver o lado bom, é a maneira mais prática e, feliz eu diria, de se sentir bem. Ver que tudo valeu muito a pena.
Meu lado pessimista as vezes consegue me vencer. Mas basta uma gota de felicidade pra me recontagiar.
Ao contrário do amor, que é concebido através de um olhar e não é esquecido apenas com um piscar de olhos.
A felicidade instantânea vem fácil, porém nem sempre é de longa duração.
Basta o toque da pessoa certa, a palavra que se deseja ouvir, a vontade saciada do coração.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Controle Remoto


O mundo, modelo mais real de que a perfeição se devaneia.
O ser humano, experimento constante de emoções, ações, erros, descobertas.
As diferentes personalidades só torna ainda mais interessante a forma como esses sentimentos se destroem ao longo do tempo.
As descobertas chegam ao fim, chega a uma hora que não há mais o que descobrir.
As ações, servem como ida tanto quanto volta.Emoções, há quem diga que as controle.
Os erros, todos erramos. Principalmente ao dizermos seres capazes de modificar o constituído por algo maior que nós de uma forma harmoniosa.Modificar algo vital é possível. Mas experimente e veja que não é mais interessante que deixar fluir.
Chega ao clímax da monotonia. Mas também não dá pra contrariar as vontades de quem sabe e gosta de conviver com ela.
É por estas e outras que o fim do principado vem se alastrando.
Não dá pra saber o que é certo ou o que é errado.
É muito difícil ser mais um humano tentando sair do seu mundo individual, e pena que não dá pra sair sozinho.

Hoje contei pras paredes


O espelho sem razão da vida reflete muito mais do que o visto a olho nu.
Reflete o inverso ,que mostra o que há por dentro só pelos traços e expressões faciais.
Ah os olhos! Há textos inteiros que são traduzidos apenas em um olhar.
Mensagens subliminares tão superficiais requerem esforços enormes, mas por pura falta de atenção. Falta as vezes a percepção do segundo sol que há por trás.
É bom quando você se pega conversando consigo mesmo.
Momentos de reflexão.
Sozinho, revendo ações. Nem sempre dá certo.
Mas no mínimo sua alma sai limpa, afinal tentar já é o melhor começo.
Abrir a porta pra deixar a tristeza sair, as vezes deixa escapar com ela um pouco da felicidade eufórica que circula em você.
Mas isso pode valer a pena se o saldo de alegria passa a ser positivo.

Amargo da vida


Cheguei a tempo de vê-la partindo, e num simples segundo já não estava mais lá.
Que pena, não deu tempo de me despedir. Agora fica o frio vento da estação soprando em meu rosto.
O mesmo vento que te acompanha pela sua jornada, o vento que provavelmente te acompanhará até a sua nova escolha.
Na volta, desiludido, ouço o barulho dos carros passando e sinto na pele o leve toque de pequenas gotas de chuva, então coloco meu capuz. Olho pro alto, as nuvens parecem se mover rapidamente.
O sino da igreja toca, quinze minutos para as vinte e três horas.
De repente percebi que estava caminhando por uma rua deserta, meu pensamento tão longe.
Não me importaria se algo espreitasse à esquina, poderia levar tudo, naquele momento não me importaria se levasse minha vida também. Não faria diferença pra mim.
E como eu iria embora? Já era tarde, pagar um táxi. Talvez seria boa idéia.
Não conseguia pensar mais em nada. Talvez seria melhor refrescar a mente, tomar um espresso me ajudaria a manter minha força. Também precisava me aquecer.
Um café ainda estava aberto, entrei. Uma mesa no canto vazia, perto da janela, ninguém iria me incomodar ali, perfeito.
Pedi um café. Havia um jornal ali, provavelmente alguém havia o esquecido. O abri como quem não quer nada. Me interessei por um texto de um colunista. Li. Meu café chegou. Continuei lendo.
De repente, uma mão abaixa meu jornal interrompendo a minha leitura.
Um frio me desce pelas costas, um latejo em minhas têmporas. Logo ela, que havia tanto tempo eu deixara sozinha. Um ato tão canalha e egoísta. Ela que me amava, ali, na minha frente.
Seus olhos cinzas cobertos de lágrimas, sua mão gelada tocou meu rosto enxugando as minhas lágrimas. Será mesmo que o tempo havia feito ela esquecer de tudo? O amor ainda era a parte maior de mim que ainda preenchia seu coração?
Eu não tive reação. Seus braços me envolveram em um abraço.Um beijo molhado, de lágrimas provavelmente, tocou meu pescoço.
Não, eu não merecia seu perdão.
E tão de repente, seus lábios tocaram os meus. Ela, que um dia eu tanto amei e mesmo assim deixei para trás egoística e gananciosamente, ainda me amava e estava ali diante de mim, me beijando.
Percebi então que não adianta correr atrás da pessoa errada.
A vida trás quem você merece, quem te ama de verdade. Os erros, é com eles que aprendemos. Por mais que nos machuquem nos trazem experiência para um dia podermos sentir o gosto da felicidade.

All you need


Eu até faria um contrato com a noite.
Ela me daria a liberdade e ânimo para fazer o que eu quisesse.
Eu, seria seu amante, apreciador, teria até uma vida noturna.
Quem sabe assim eu não descobriria seus segredos?
Gostaria de, assim como ela, ter um amor perpétuo por alguém.Sorte da lua.
Mas o porque de um amor perpétuo é simples.Você consegue “desamar” com um mero adeus? Pois é, acho que ninguém.
Ver a vida por outro ângulo, saindo no normal, pode lhe mostrar as diversas maneiras de viver e aproveitar. Se superar, se sentir melhor.
Se deixar levar na maré do tempo é o que há de melhor, é o que mais vale a pena.
A cegueira causada pela luz forte da vida muitas vezes atrapalha. As vezes porém só ajuda a te esconder o desnecessário.Pena que não dá pra facilitar, a luz oscila constantemente.
O que os olhos não vêem o coração não sente. A verdade em simples palavras.
O legal da ironia da vida é que depois de tudo, você ri de você mesmo.

A, na lua!


Como seria a vida distante?
Passou pela minha mente de repete essa idéia ínfima.
O frio seria assolador? Não teria como andar, andar simplesmente?
A vista seria maravilhosa, um infinito branco de forma oval. Com algumas deformações é claro, mas estas não tirariam a exuberância da bela vista.
Em tratando-se de vista, quem diria que o imperceptível pode se tornar de repente tão vistoso? A ponto de chegar a ser mesmo viciante. Quando se pensa que a vida não pode mais te surpreender, lá vem ela com seus baques surdos!
Jamais imaginei que poderia me encantar por algo tão diferente de mim. Que com o tempo, me fez adaptar parcialmete ao seu "modo de vida". Me cativou com seu modo de agir, ou até mesmode simplesmente ser.
Incrível como você pode se unir à alguém, de tal modo que não consiga mais se imaginar sem aquela presença, pra tudo.
Bela palavra a amizade. O modo como começa, e a forma com que se desenvolve, porque não tem fim se for verdadeira.
Já ouvi dizer que amigos são irmãos que Deus nos permite escolher. Me adaptei à essa denominação.
Seu modo de enchergar as pessoas, como é? Não procure se fixar naquela primeira imagem. Sua opinião sobre alguém, pode mudar, constantemente eu diria.
Claro, não é de imediato que acontece, mas as poucos, ao nascer da confiança, forma-se em nós uma das coisas mais bonitas que se pode vivenciar. A amizade verdadeira.
Deve ser enorme a infelicidade de quem não tem alguém pra compartilhar momentos, segredos, ou até mesmo problemas. Problemas também é claro, afinal, duas cabeças pensam melhor que uma. Eu que o diga!
Fico feliz por ter encontrado sem procurar algo tão valioso. Agradeço a Deus.Que eu sempre possa receber presentes inesperados assim, que me fazem feliz, e que - eu espero - durem para sempre. Ái Ló.

Disturbia


É difícil quando se quer um sol de inverno e o frio do verão.
Mas, quando se escolhe a maneira mais complicada é comum conviver com anomalias.
O tempo te mostrado muito. Adoro particularmente sua forma de lecionar.
Superar limites é complicado, ainda mais quando temos medo do rumo que tudo pode tomar.
Desencantar quem espera mais do que podemos oferecer as vezes alegra. Tanta marcação e tudo o que podemos fazer é apenas tentar. Não tem como dar uma garantia.
Infelizmente não tem como devolver nossos defeitos à fábrica, eles não foram escolhidos por nós.
Aceitação, nem sempre dom de todos. Sua ausência, pode ser o pior defeito de muitos.
Cabe a nós, além disso tudo, procurar agradar também ao menos os que estão à nossa volta.
Aqueles que nos amam e que amamos.
Não deseje ser parâmetro de ignorância, seja paz fluente.
O conflito caótico que há em sua mente pode ser alterado. Pode ser gerada a paz entre o ser e o parecer. Basta dicernimento e um pouco de querer.

Beauty sky, but I can't fly


Incrível como o clima muda meu humor.
Como diria uma amiga, tudo muda meu humor. Mas não vem ao caso.
Hoje o céu estava aberto. Se haviam nuvens eram poquíssimas.
Deu pra sentir a energia do sol.
A chuva, por um lado me ajuda! Com suas águas é lavado tudo aquilo de ruim que se passa pela minha cabeça. Mas nesse clima de meditação e limpeza espiritual meu humor fica horrível na maioria das vezes.
A energia do sol me faz estar bem com todos e com tudo.
Como é bom viver! Acho que é mais ou menos isso que eu sinto em dias ensolarados.
Dá pra perceber tudo à sua volta por um ângulo positivo.
Quando tudo parecer estar dando errado, olhe pro céu, pra além do infinito.
Sinta-se na mais alta nuvem, ou no mais profundo oceano.
Talvez as respostas para as suas perguntas possam estar dentro de você mesmo.
Ou são trazidas à você pelo invisível, porém maravilhoso.

O ponto de ironia

Acho que deveria haver um ponto que definisse que a frase apresenta ironia.
Nem todo mundo tem capacidade de perceber que o que está sendo dito à ele não é naquele tom que foi imaginado.
Mas quase ninguém merece certas ironias. Tão ingênuos, imagina! (Aí, tá vendo? Cadê o ponto?)
A sociedade de hoje que adora satirizar ações e personalidades deveria agregar esse novo ponto.
No Brasil então, já que era de extrema necessidade um reforma ortográfica, esse ponto não faria diferença não é?
Bom, é só minha simples opinião.
Depois acho algo mais interessante, não que isto não seja é claro, pra postar aqui. O tempo agora tá curto. Tenho que correr pra fazer algo de extrema importância.
- Hey mãe! Já tá pronto?

Ciclo

Quem nunca se perguntou sobre o sentido da vida?
Você sabe se respoder de onde veio? Pra que está aqui?
Eu certamente não saberia lhe respoder isso...
Mas lhe digo que viver é muito mais do que somente estar vivo.
O que é a vida se você nunca tocou o coração de uma pessoa?
A fez enchergar o quanto ela é importante, pra você, pra todos, para o mundo.
Afinal, um só faz a diferença sim!
Você é prova disso, foi o vencedor entre milhões.
Sua excepcionalidade é impar.Sua capacidade de conquistar é única.
Saiba se guiar em meio à escuridão, quando precisar fechar os olhos para o mundo!
A pedra que te derruba pode sim ser a primeira da construção do seu castelo.
Mesmo que este castelo sirva pra guardar recordações, amores, desabafos, tristezas.
Divida seu castelo. É impossível ser feliz sozinho.
Ao encontrar alguém, doe seu castelo, ele será útil para alguém.
Mais bonito que saber viver sua vida, é cuidar para que a vida das pessoas ao seu redor seja contagiada pela sua alegria de viver.
Cuide-se. Não deixe o mal te engolir.
A luz no fim do túnel pode ofuscar sua visão, mas quem disse que pra chegar ao paraíso é tão simples assim?