quarta-feira, 31 de março de 2010

Depois do além


E se eu fizer das últimas, minhas primeiras opções?
E se eu quiser falar de demônios juntamente de anjos?
E se viver for mais que só seguir normas?
E qual é a reação da raça para com os anormais?
E se eu fizer de uma linha reta, pontilhados pra eu caminhar?
E se não existir nada no fim? Simplesmente acabar. Nulo, vago, inexistente, infinito.
Quem definiu normalidade não viveu tudo que a vida proporciona, oferece.
E entre secos e molhados eu apenas vivo, descubro, sobrevivo.

15 comentários:

  1. Tallys, incrível como sempre! ;)

    ResponderExcluir
  2. texto manero

    http://drehluvz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Acho que tantas questões sobre o que tem no final, as vezes tiram o brilho de tudo o que acontece de bom no caminho até lá.

    ResponderExcluir
  4. Que sua vida continue a ser de enfrentamentos para com os limites cínicos, e que o blog continue provocando o pensamento...

    ResponderExcluir
  5. Seu blog é lindo e os posts mais ainda..parabéns"""bjus

    ResponderExcluir
  6. são tantos questionamentos DD:
    é a vida

    gostei do seu blog
    http://www.unicorniodepano.blogspot.com
    passa lá?

    ResponderExcluir
  7. this is life
    simple
    enfim...curti teu blog ^^
    parabens

    ResponderExcluir
  8. O que mais gostei deste seu post foi a foto que ilustra perfeitamente o que vc escreveu: qual caminho seguir? E essa escolha faz parte da vida. Abraço

    ResponderExcluir
  9. legal! muito poetico, e profundo tambem. legal mesmo. adorei o blog parabes.

    ResponderExcluir
  10. Muito bom o texto. Muito bem pensado e escrito. Espero que as engrenagens sociais não lhe capturem o desejo de diferer, para além do bem e do mal.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Nossa muito belo
    parabens pelo blog!

    ResponderExcluir
  12. Olá, gostei do seu blog e já estou seguindo :))

    visita o meu também?
    www.kdocafe.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. A vida e suas questões. :p
    A conclusão é viver. Viver independente de regras, e tudo mais. Regras foram feitas pelo homem mesmo. As seguem quem quer. É bom ser um louco consciente. :D
    ótimo texto! *-*

    ResponderExcluir