sábado, 16 de janeiro de 2010

Did It Again


As vezes a vida nos surpreende muito. Sei lá, com acontecimentos, com descobertas ou até mesmo tirando o que tapa nossos olhos.
Quando isso acontece, vem um impacto forte que nos tira a reação. Como assim, como isso pôde acontecer?
Aí o jeito é deixar passar o tempo pra ver no que dá.
Ou você se contenta, ou você procura enchergar de outro ângulo.
Ah, me esqueci, tem mais uma alternativa: Você pode correr atrás e verificar. É, verdade!
O que pode ter desmoronado sua alto estima as vezes pode ter sido só mesmo uma ilusão de óptica.
Cada vez mais venho descobrindo que a paciência é uma das maiores (se não é a maior) virtude.
Deve ter alcançado esse título por exigir tanto de nós.
Como é difícil aturar certas situações de boca fechada, ter vontades reprimidas, alegrias privadas.
Mas ao menos, no fim você acaba descobrindo que teve uma vitória inesperada.
A essência é esta!
Sofrer para aprender. Tem sido assim desde os primórdios e acho que nunca vai acabar.
Mas sabe, a gente consegue viver com esses curtos momentos de felicidade. Curtos mas que servem como recarga de energia instantâneos.
Recarga suficiente pra você passar por tudo de novo.